Segurança

Recomendações de Segurança

É cada vez maior o número de consumidores de gás combustível para uso doméstico. A sua utilização exige o conhecimento e o cumprimento de algumas simples regras de segurança:

Confie sempre a instalação de gás, reparação e manutenção dos aparelhos de queima, incluindo a substituição das ligações aos aparelhos, a 
Empresas Instaladoras ou Montadoras (reconhecidas pela DGEG);

As Inspecções só podem ser realizadas por Organismos de Inspecção.

 Em caso de suspeita ou fuga de gás, siga os seguintes procedimentos de segurança:

- Feche as válvulas de segurança junto aos aparelhos de queima e junto ao contador;
- Não fume, não faça lume e apague quaisquer chamas;
- Não provoque faíscas ou incandescência de qualquer espécie;
- Não accione interruptores;
- Não ligue nem desligue os aparelhos eléctricos das tomadas;
- Ventile o local, abrindo todas as portas e janelas;

- Contacte de imediato com os Bombeiros e com o seu Fornecedor de Gás

Monoxido de Carbono 

Durante o inverno, ocorre um aumento do número de intoxicações acidentais por inalação de monóxido de carbono, sendo muitas delas fatais. O Monóxido de carbono é um gás incolor e inodoro que resulta duma deficiente combustão.

Na origem da existência dum ambiente rico em Monoxido de Carbono, podem estar, a dificuldade de exasutão dos produtos da combustão provocada pela interferencia do funcionamento de exaustores, falta de manutenção dos aparelhos a gás, deficiente ventilação do local, obstrução das condutas de exaustão, entre outras causas.

 

Os sintomas decorrentes da intoxicação variam de acordo com a concentração, do estado de saúde da vítima e, principalmente, do tempo de exposição a este gás. As principais consequências são, dores de cabeça, náuseas, vómitos, irritabilidade, tonturas, desmaios, coma e morte (morte branca).  

Caso suspeite de intoxicação por inalação por Monoxido de Carbono, retire a vítima do local, não esquecendo de se proteger, desligue todos os aparelhos a gás, areje e abandone o local.

Contacte de imediato com os Bombeiros e com o seu Fornecedor de Gás.

 

 

 

 

 

Realize a inspecção periódica à sua instalação de gás.



Sabia que ?





Desde 1 de Janeiro de 2010 já pode escolher o seu Comercializador de Gás Natural?

 

Notícias

Em "Legislação" conheça as novas tarifas de Gás Natural para o ano gás 2010-2011 para consumos anuais inferiores ou iguais a 10.000m3

Conheça o Decreto-Lei 66/2010 que estabelece o procedimento aplicável à extinção das tarifas reguladas de venda de gás natural a clientes finais com consumos anuais superiores a 10 000 m3

Contactos